terça-feira, 29 de abril de 2008

quinta-feira, 17 de abril de 2008

A mulher que matou os peixes, de Clarice Lispector


"Essa mulher que matou os peixes infelizmente sou eu. Mas juro a vocês que foi sem querer. Logo eu! Que não tenho coragem de matar uma coisa viva! Até deixo de matar uma barata ou outra. Dou minha palavra de honra que sou pessoa de confiança e meu coração é doce: perto de mim nunca deixo criança nem bicho sofrer.” Clarice Lispector

quarta-feira, 16 de abril de 2008

As palavras mais difíceis de traduzir

A propósito de uma crónica de Faíza Hayat, no Público, estivemos a ver quais as palavras consideradas mais difíceis de traduzir:
A lista completa das dez palavras consideradas de mais difícil tradução:

1. “Ilunga” (tshiluba) - uma pessoa que está disposta a perdoar quaisquer maus-tratos pela primeira vez, a tolerar o mesmo pela segunda vez, mas nunca pela terceira vez.
2. “Shlimazl” (ídiche) - uma pessoa cronicamente azarada.
3. “Radioukacz” (polonês) - pessoa que trabalhou como telegrafista para os movimentos de resistência o domínio soviético nos países da antiga Cortina de Ferro.
4. “Naa” (japonês) - palavra usada apenas em uma região do país para enfatizar declarações ou concordar com alguém.
5. “Altahmam” (árabe) - um tipo de tristeza profunda.
6. “Gezellig” (holandês) - aconchegante.
7. Saudade (português)
8. “Selathirupavar” (tâmil, língua falada no sul da Índia) - palavra usada para definir um certo tipo de ausência não-autorizada frente a deveres.
9. “Pochemuchka” (russo) - uma pessoa que faz perguntas demais.
10. “Klloshar” (albanês) - perdedor.


As palavras mais votadas em inglês, como as mais difíceis de traduzir foram:
As dez mais votadas no Inglês foram:

1. Plenipotentiary - embaixador ou enviado especial investido com plenos poderes.

2. Gobbledegook – linguagem caracterizada por circunlóquios e gírias, usualmente difícil de ser entendida.

3. Serendipity – Sorte de encontrar coisas que não estavam sendo procuradas.

4. Poppycock - “Nonsense”

5. Googly – Em cricket, uma bola lançada que gira em um sentido diferente do esperado.

6. Spam – vários significados: tipo de carne enlatada, um sketch cómico método de dança, mensagens eletrónicas não solicitadas e indesejadas

7. Whimsy – a propriedade de agir mais por capricho do que pela razão.

8. Bumf – papel higiénico, fardo de papel inutilizável.

9. Chuffed – muito satisfeito.

10. Kitsch – de questionável valor estético; excessivamente sentimental, exagerado ou vulgar.

segunda-feira, 7 de abril de 2008

Lisboetas



Estivemos a ver.